terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Não entendo.


Há 4 anos atrás uma miuda de 19 anos estava grávida.  Muitos acharam um escandalo porque era muito nova, o namoro era instavel e ela e a familia são muito religiosos.
Os familiares só souberam quando ela rebentou as àguas e teve que ir ao hospital. Ele escondeu a gravidez durante os 9 meses com casacos grossos e roupas largas. Sinceramente, quem olhava para ela reparava num aumento de peso e tamanho da barriga, mas nunca ninguém lhe perguntou.
Passaram-se dois anos e a história do aumento de peso e tamanho da barriga repetiu-se, assim como a história das roupas largas e grossas. Mas um ou dois meses antes de ter de novo uma bebe partilhou com a familia que estava novamente grávida. O namoro ja era mais estável mas durava pouco mais que o tempo de gravidez que ela tinha.
Ontem no centro de saúde vi-a. Estava com outro namorado, com roupas grossas e mais gordinha. Se estão a pensar que ela está outra vez grávida acertaram. 
23 anos, a caminho do terceiro filho e todos de pais diferentes. Oferecer-lhe preservativos no Natal era uma boa? Ontem alguém me dizia que ela engravida para ter subsidios. E isso a mim desilude-me.. Porque não trata das crianças, tem os filhos e quem vai cuidando é a avó. 
Para mim estar grávida/ter filhos requer responsabilidades, amor, carinho e tantas outras coisas boas. E vejo que vai nascer mais uma criança só para ela ganhar mais dinheiro. Não entendo a sério que não.

17 comentários:

Mammy disse...

Desculpa, mas não acredito que ela tenha filhos para receber subsídios, pois em Portugal não compensa ter filhos por esse motivo. Os subsídios são mínimos e um filho ou vários são sempre uma despesa muito maior do que qualquer subsídio que ela possa receber.
Se fosse na Bélgica, na Dinamarca ou na Suécia ainda acreditava que lhe valesse a pena...
Penso que a verdadeira razão talvez seja a falta de um planeamento familiar, ou de instrução que lhe permitam ter a consciência que pôr filhos no mundo sem ter condições para os sustentar e educar é um erro que pode sair muito caro tanto para ela como para as crianças. E, como dizes, o amor e o carinho são fundamentais.
Beijinhos

M. disse...

Infelizmente deve mesmo fazer as coisas sem pensar. Meter uma criança no mundo é preciso ter consciência do que se está a fazer e acima de tudo dar estabilidade a nível emocional e não só.

Farruskinha disse...

Essas coisas fazem imensa confusão :/

Rita Martino disse...

Infelizmente, há muita gente a pensar como essa rapariga. O que é uma grande tristeza...

Ana disse...

Really?
OMG! Não vou comentar...

Green disse...

É muito mau que haja pessoas como ela, que façam esse tipo de coisas. Mas infelizmente há muita gente assim.

mari disse...

meu Deus ... essa miúda está a precisar de preservativos e juízo :/

Anne Crystal disse...

É muito esquisito e muito estranho. Uma vez, ok..."escapou" mas outras 2? Acho que seria mesmo boa ideia alguém oferecer-lhe uma caixa de preservativos...

Palco do tempo disse...

fiquei estupefacta ;O

Sintonia disse...

A maioria das vezes são pessoas muito influenciáveis e que vão na conversa do "o preservativo faz-me mal" ou "o preservativo impede que eu realmente te sinta", as tretas todas, e que depois pensam que eles depois já não gostam delas ... são pessoas tristes de tão influenciáveis que são. E o pior é que arrastam com elas toda uma familia de crianças e avós e pais em desespero ... :S

Letícia* disse...

Realmente, é triste =\

E pessoas que desejam tanto ter filhos, não podem. Eu dado um problema que tenho, vou ter dificuldades em engravidar e isso foi coisa que me deixou de rastos quando soube.

Logo se vê, quando tentar de facto :)

Bom* dia para ti Nutella

***

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

gosto muito do blog, já sou chocolateira*

Inês Sofia disse...

gosto muito, esta orgiinal o blog (:
vou seguir, segue o meu também se quseres :D
kiss ^^

Patrícia disse...

Mesmo... Essas coisas a mim deixam-me um bocado chocada, triste, opá não sei como dizer mas fico mesmo desiludida...

Ju disse...

Que pessoa asquerosa :/

Violet* disse...

Eu ainda fico chocada com essas coisas. Mas ha muitas pessoas assim nem quero pensar no que vai ser dessas crianças God...

Maria do Mar disse...

Como é que há tanta gente que dava tudo para poder amar um filho, e outros e outras que descartam com tanta facilidade uma responsabilidade tão grande e tão fantástica que deve ser essa de serem pais? Que tristeza.